Idioma

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Ético

Boa noite!

"Disse-lhes então: Dai, pois, a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus."  (Lucas 20 : 25)

Quem já não ouviu esta frase de Cristo?

O problema é que muitos distorceram e ainda distorcem a ordem, pois alguns pedem em nome de Deus o que Jesus havia dito que relacionava-se a César e o que havia sido colocado como sendo para Deus acaba-se perdendo nos conceitos "Cesarianos".

Deus não deixou "rabo preso" para ninguém. Muito pelo contrário, foi Justo e continua sendo, ético com tudo e com todos. Quem possui mais caráter que Cristo amado(a)? Mais sabedoria?

Contudo, isto nos remete a sermos da mesma forma, procurarmos agir e pensar iguais a Deus pois com certeza, aquele que se esforçar encontrará em sua vida o que é necessário para ser correto.

Deus não comete injustiça, Ele propõe e faz justiça, cumpri a lei e ensina a verdade.

Que possamos aprender o caráter de Cristo em nosso viver. Amém!

Abraços!
NunoAbruzzi


terça-feira, 14 de novembro de 2017

Não somos justos, mas o JUSTO nos justifica...

Boa noite!

"Como está escrito: Não há um justo, nem um sequer."  (Romanos 3 : 10)

Sabendo disto, como eu poderia, na minha grande insignificância, me achegar a Deus? Ser visto por Ele? Ser reconhecido? Atendido? Respondido? Tê-lo como amigo? Pai?

É claro que falo de FÉ! E partindo disto, já descarto todo e qualquer tipo de entendimento humano, assim tenho que partir de uma forma de VIDA e VERDADE, de uma PALAVRA, de uma existência DIVINA, de um DEUS.

Quando leio este versículo, penso que realmente Deus não dá margem para alguém ser melhor do que outro, isto porque, se não existe alguém justo na face desta terra, cabe a cada indivíduo buscar uma forma de ter comunhão com o CRIADOR. E o principal, ser FILHO Dele.

E isto Ele deixou claro que é por intermédio do primogênito, Cristo Jesus, ao reconhecer o sacrifício realizado na cruz do calvário, ocorrendo amor, perdão, reconciliação, libertação e filiação a cada ser humano, da antiguidade até os nossos dias.

E lendo e entendendo isto, não consigo ver realmente alguém sendo maior ou melhor do que o seu próximo, seja por teologia, prodígios, serviço, dom, status, dinheiro, beleza, oratória, hermenêutica, sentimento ou qualquer outra atribuição e capacidade que alguém possa "ter", porque na verdade, se existe algo que temos, possuímos ou recebemos, é porque assim Deus permitiu e quer qualquer atribuição ou capacidade para serviço do Corpo Dele, como Ele mesmo disse, se somos membros de um corpo ninguém é melhor do que ninguém, todos temos importância diante Dele mas cabe a nós entendermos isto pois, caso contrário, prestamos serviços a nós mesmos e não para Aquele que Vive e Reina para Todo o Sempre.

Por isso que eu gosto de Deus. Se alguém julga ser melhor ou acredita ter "moral" mais que outro, acaba virando pedra de tropeço e sinceramente, não devemos ser isto. Já ouvi pessoas falando que possuem moral para falar de Deus, mas não vejo nisso algo que justifica o fato de alguém poder falar de Deus, isto porque, Deus não se manifestou em razão de que existem pessoas que possuam moral, Ele se manifestou para resgatar pessoas, inclusive resgatar a moral Dele que se perdeu ao longo da humanidade. "Aquele, pois, que cuida estar em pé, olhe não caia."  (I Coríntios 10 : 12) E nós esquecemos de que nossa boca fala do que está cheio o nosso coração, assim sendo, mais cedo ou mais tarde, se não estivermos falando a verdade, caímos em "nossa" própria armadilha.

Mas mesmo não sendo justos, Deus nos justifica em Cristo, por seu amor e por sua vida, a qual foi revelada a cada ser que estiver "a fim" de reconhecer esta verdade. Fácil não é muitas vezes, mas com certeza é grandiosa demais, viva demais e eterna.

Sirva o Reino com as ferramentas que Deus lhe deu querido, eu também careço desta ordenação, porque somos parte de um grande Reino, o Reino de Deus, e o Rei deste Reino nos ama e nos capacita a sermos conforme a sua vontade e o seu coração. Não "desmereça" ninguém. Você e eu não temos essa "capacidade". Ame a Deus e.(ponto).

Ainda que não sejamos justos, o único Justo nos concede a graça de buscarmos o seu amor e a sua vida. Aleluia!!!!!

Abraços!
NunoAbruzzi

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Não deixe de orar

Boa noite!

Porque Deus há de trazer a juízo toda a obra, e até tudo o que está encoberto, quer seja bom, quer seja mau. (Eclesiastes 12:14)

Senhor Deus, conheces o nosso coração, a nossa mente, o nosso falar, ninguém melhor que Tu Senhor entende os motivos do nosso ser, por isso, peço que nos leve para mais perto de Ti Senhor, para que possamos melhorar a nossa vida e tudo o que nela implica, não nos deixe cair em tentação, livra-nos do mau, seja feita a Sua vontade e perdoe os nossos pecados. Faça-nos Senhor o que é necessário para sermos seu filhos, obrigado por sua infinita misericórdia, por sua bondade para conosco e por sua paciência, bendito és Tu, graças a Ti por tudo o que temos recebido e por tê-lo conhecido como Deus Todo Poderoso, criador dos céus e da terra. Obrigado por Cristo e por Seu Espírito também, sem vocês não há vida. Obrigado. Amém.

NunoAbruzzi

terça-feira, 7 de novembro de 2017

É tu mesmo! (hora bolas)

Boa noite!

"Porquanto está escrito: Sede santos, porque eu sou santo."  (I Pedro 1 : 16)

Olha só, você acreditaria que poderias ser santo, assim como um discípulo de Cristo?
Você acha que isso é apenas para líderes religiosos? Ou melhor, para pessoas religiosas?
Santidade está ligada apenas a pessoas que realizam ou "realizaram milagres"?

Agora a noite, pensava na pessoa de Cristo quanto a alguns detalhes, e entre tantos, determinados me chamaram a atenção. A Bíblia narra situações onde Jesus tinha contato com muitas pessoas, as quais eram malvistas pela sociedade da época (e ainda hoje algumas são), sem contar que multidões O seguiam e nisso podemos crer que nesse "povaréu" tinham inúmeros tipos de pessoas. Mas o interessante é que mesmo andando com tanta gente, falando, explicando, tendo contatos, Deus não realizava as mesmas obras erradas que determinadas pessoas faziam, e o interessante é que foi por elas e é por nós que Cristo veio fazer e viver tais situações, para ajudá-las, para amá-las.

Jesus explicava a lei assim como os Fariseus mas Ele não foi incrédulo como eles, Jesus conversava com prostitutas mas não se deitou com nenhuma ou discriminou alguma, Jesus andava com beberrões mas não bebia como eles, Jesus aceitou Judas para andar com Ele mas não traiu ninguém até hoje, Jesus comia na casa dos ricos mas não pedia ofertas para o "seu ministério" nem contava vantagem, Jesus pregava para muitas pessoas mas não cobrava nada, Jesus andava com muitos oportunistas mas nem por isso se tornou um, Jesus chamou um cobrador de impostos para andar com Ele mas nem por isso usou dessa profissão para o "seu rebanho" ou até mesmo difamava Mateus por isso, Jesus teve inúmeras situações de apedrejar alguém mas simplesmente perdoava e assim por diante viveu, e vive, seus dias.

O que Cristo pedia era: vai e não peques mais.
O que Cristo revelava: a tua fé te salvou.
O que Cristo explicava: Eu Sou a Verdade e a Vida.
O que Cristo queria: Eu vim para que tenham vida e vida em abundância.
O que Cristo fez: Não se turbe o vosso coração, credes em Deus, crede também em mim.

Então penso que ser santo requer olhar para Jesus, o Cristo, e ver Nele o que é santidade, o que é amor, o que é vida com Deus.

Santidade é algo para qualquer pessoa porque isto não é um privilégio de poucos tão pouco escolha de homens, mas é um "estado de graça" disponível para todo aquele que crê, no Salvador e vive Seus ensinamentos e doutrinas.

Mas tudo isto depende de ti (e de mim) e depende do próprio Deus. Porquê?
Porque assim Ele determinou: "E vos revistais do novo homem, que segundo Deus é criado em verdadeira justiça e santidade."  (Efésios 4 : 24)

Abraços!
NunoAbruzzi

terça-feira, 31 de outubro de 2017

Somente 1, que são 3, que dão conta de ti.

Boa noite!

"Deixa a ira, e abandona o furor; não te indignes de forma alguma para fazer o mal."  (Salmos 37 : 8)

Em tempos de extremo pecado, extrema maldade, extrema impunidade e em momentos de dor, como não fazer o que é mal?

Como não ser o que o meio quer que você seja, ou melhor, quer a mesma resposta tua (e minha)?

A única resposta para isso se chama: Espírito Santo.

Nada mais.

Porque realmente, não há como negar que ha momentos onde não conseguimos suportar tamanha desilusão quanto ao que vivemos por vezes e quanto ao meio que nos cerca, e em determinadas situações, não irar-se a ponto de ir "as vias de fato" contra alguém, tamanha crueldade e tamanho mau.

Mas há uma forma de lutar contra isso, contra o mau que quer invadir o nosso ser.

Se Deus ainda não tivesse, dia após dia, renovando sua misericórdia com relação ao mundo como um todo, não haveria mais o que fazer, por isso que precisamos nos voltar para o que é importante, para o que faz diferença, para o que realmente muda e para AQUELE QUE NÃO MUDA.

"Eu sou a videira, vós as varas; quem está em mim, e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer."  (João 15 : 5)

Salve-se quem puder? Não! Salva-me, enquanto puder.

Abraços!
NunoAbruzzi

quarta-feira, 25 de outubro de 2017

Ouvido aguçado, língua precisa.

Boa noite!

"Porque na mesma hora vos ensinará o Espírito Santo o que vos convenha falar."  (Lucas 12 : 12)

O que meditar? O que dizer? O que escrever?

Nesta passagem a respeito de Cristo, Ele está dizendo aos seus apóstolos que não deveriam temer as situações em que eles estariam vivendo após o conhecimento do Evangelho, porque o próprio Deus estaria enviando a eles as palavras corretas diante de qualquer situação.

Jesus é a prova maior disto porque Ele mesmo dizia que o que Ele ouvia o Pai falar, Ele dizia e o que Ele via o Pai fazer, Ele fazia. 

Mas como "ver" o Pai e como ouvir o Pai?

Nós temos base no Evangelho em como realizar o que Deus quer, assim como em toda a Palavra do Senhor. Mas o detalhe é como não meter o nosso "dedo" no que Deus quer falar ou fazer? Essa é a questão!

Temos certeza de que nem sempre serão rosas e espinhos o que Deus tem por ser feito ou dito, mas estas situações por vezes ocorrem e com elas devemos lidar e aprender, seja para a nossa própria vida ou para o nosso próximo. O confronto por vezes é salutar mas a afronta nunca.

Mas não há dúvida de que a comunhão com o Céu é fundamental, porque sem ela não há como realizar as obras que Cristo realizou, e tenha certeza de uma coisa, muitos feitos do Senhor ainda ocorrem hoje, por meio dos seus filhos, com toda a humildade que isto requer, pois se algo é feito é porque ocorre por intermédio do Amor e do Poder de nosso Senhor e Salvador Jesus, o Cristo.

Ainda que a "nossa fé" seja afrontada, saibamos que existe alguém que ZELA por Sua Palavra, que por ela sim Ele é fiel e não deixará nenhum filho seu sem resposta, sem saída, com dúvida, pois aquilo que Deus falou, está dito e ponto.

A boca somos nós que abrimos realmente mas o devido conteúdo está pronto, basta sermos aquilo que Deus quer que sejamos, ouvir o que é devido e viver/expressar o que é necessário.

Abraços!
NunoAbruzzi

domingo, 22 de outubro de 2017

Diga-me quem tu amas, que EU te direi quem tu és.

Boa noite!

"Há muito que o SENHOR me apareceu, dizendo: Porquanto com amor eterno te amei, por isso com benignidade te atraí."  (Jeremias 31 : 3)

Acredito que o título da meditação explica com propriedade o que somos ou no que nos tornamos no decorrer de nossa vida.

Se amamos nossos pais, por exemplo, podemos ser reconhecidos como bons filhos, se amamos nosso cônjuge podemos ser reconhecidos como um casal, se amamos nosso partido político podemos ser reconhecidos como grandes partidários, se amamos nosso time de futebol podemos ser identificados como um grande gremista ou colorado, se amamos o dinheiro podemos ser reconhecidos como ambiciosos, se amamos nosso trabalho podemos ser identificados como um profissional exemplar, se amamos nossa cultura podemos ser reconhecidos como tradicionalista, e assim por diante.

E este amor que falo reporta-se a um sentimento e vontade que nos move e que nos impulsiona a fazer de tudo por "aquele amor".

Mas agora te pergunto: se tu encontras um amor acima do "teu", o que isso geraria em ti?

E você (e eu) sabemos que ESSE amor existe, correto? É verdade que ele não é crido por muitos, seja pela circunstância que for, mas ele consegue se sobressair sobre toda e qualquer outra forma de amor existente. E isto não é para nos entristecer, no sentido de nos menosprezar pelas formas de "amor" que nos encontramos e vivemos, mas sim para nos trazer luz e entendimento sobre todas as outras formas de "amor" que sentimos e conhecemos e principalmente de conhecer esta tão grande expressão de amor, tão grande força e tão grande "tudo".

Não deixe ninguém colocar um "balde de água fria" em você sobre ESSE sentimento de Deus pela tua vida, Ele é real e está a sua (nossa) disposição ainda hoje, nada mudou quanto a isso. Apenas deixe que Cristo te mostre a Verdade e a Vida sobre você e sobre tudo o que você até então conhece. Não esqueça que Ele enviou o Espírito Santo para nos guiar a toda a verdade e esta Verdade está contida no Amor e na Vida de Jesus, o Cristo, o filho do Deus Altíssimo.

"E eu lhes fiz conhecer o teu nome, e lho farei conhecer mais, para que o amor com que me tens amado esteja neles, e eu neles esteja."  (João 17 : 26)

"Nisto se manifesta o amor de Deus para conosco: que Deus enviou seu Filho unigênito ao mundo, para que por ele vivamos."  (I João 4 : 9)

"E nós conhecemos, e cremos no amor que Deus nos tem. Deus é amor; e quem está em amor está em Deus, e Deus nele."  (I João 4 : 16)

"Como o Pai me amou, também eu vos amei a vós; permanecei no meu amor."  (João 15 : 9)

Diga-me, quem tu amas e quem ti ama?

Abraços!
NunoAbruzzi